Rima rimada não rima mais nada

img_2130
Foto que tirei no meu antigo quintal. A infância é breve meus amigos, mas o ”cheiro” de amarelinha e pique esconde ainda sinto.

Quando eu tirava fotografias

e me deitava na varanda

minha mãe lia o que eu escrevia

e insistia: agora dança!

Entre um passo, dois tropeços,

uma sextilha e dois tercetos

fiquei na dúvida, gente grande tem medo?

Sou adulta, triste enredo.

Kariane

Anúncios

9 comentários sobre “Rima rimada não rima mais nada

  1. Sensacional 🙂 não sei se foi porque li o comentário da foto, mas a rapidez como tudo foi passando me fez sentir como se fosse uma amarelinha, pulando e pulando. enquanto associava a fotografia com a varanda já vinha o texto que sua mãe linha, aí a fotografia cedia espaço pra literatura. aí enquanto pensava no texto que sua mãe lia, pimba! já viera a dança. as artes vão se expressando durante a poesia da sua vida e o poema numa linda fotografia eternizou esse movimento nos frames recriados/redesenhados e não sei mais só sei que achei muito sensacional 🙂 \o/ evoé! meu grande abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. E tudo acontece tão rápido, vai fluindo, acelerando!! Foi o que senti quando escrevi, era uma amarelinha que parecia infinita, mas na verdade era muito breve, acho que você captou melhor do que eu a mensagem hahaha grande abraço Jorge, que seu dia seja absurdamente mágico 🙂

      Curtido por 1 pessoa

      1. grande abraço Kariane! 🙂 é como falasse “uma amarelinha que parecia infinita”. através da poesia é infinita porque amar é linha 🙂 ahuuhauhauha que seu dia seja absurdamente mágico e bonito mágico e mágico e tudo mais de bom :** comecei a ler uma temporada do inferno. tô na parte dos delírios II. a tradução que estou lendo é da martin claret. depois lerei outras traduções. feito aquela do ivo barroso que o cara do vídeo recomendou. demorarei para ler no original. mas acontecerá 🙂

        Curtido por 1 pessoa

      2. Pronto, nos encontraremos nos Poemas Escolhidos 🙂 Tu estarás lá mais em quais páginas? A gente se encontra e conversa auhhuauhauha Valeu Kariane, meu abraço! 🙂

        Curtido por 1 pessoa

      3. até lá ahuahuauhahuauh meu grande abraço! começar com sensação foi uma boa 🙂 romance é sensacional. tem lá que ele escreveu aos 15 anos. e lá vem ele falar de 17 anos huahuauha “Fisgado. – Ela com teus sonetos se diverte.
        Os amigos se vão: és tipo de mau gosto.
        – Um dia, a amada enfim se digna de escrever-te!…

        Nesse dia, ah! meu Deus… – com teus ares ufanos,
        Regressas aos cafés, ao chope, à limonada…
        – Não se pode ser sério aos dezessete anos
        Quando a tília perfuma as aléias da estrada. “

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s