Rêvé pour l’hiver (Sonhando para o inverno)

reve-pour-lhiver

No inverno, iremos num vagãozinho rosa

Com almofadas azuis.

Estaremos bem. Um ninho de beijos loucos repousa

Em todos os cantos macios.

Fecharás o olho, para não ver, pelo espelho,

As caretas das sombras noturnas,

Estas monstruosidades raivosas, grupelho

De lobos negros e demônios soturnos.

Depois sentirás a bochecha arranhada…

Um beijinho vai percorrer, como louca aranha,

De teu pescoço o canto…

E me dirás: “Procura!” inclinando a cabeça,

— E levaremos tempo para encontrar esta possessa

— Que viaja tanto…

Arthur Rimbaud

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s