Existência

janes

Eu sinto uma leve brisa ao amanhecer.

Sinto as dores do velho entardecer.

Vibro com as leis noturnas,

mas, não sei lidar com meus horários internos.

Lido somente com o que passou bem perto,

aquilo bem perto de minhas vértebras.

O que dilacera meus sentidos.

Estou perdendo a visão!

Meu coração está partido.

Ainda presa no zoológico da loucura,

salvo meninos e meninas com grande ternura.

Sem motivo, casei com meus pés,

 e andei em rodovias perdidas,

trancada em uma sala vazia, enquanto eu tinha vida.

[Eu não sei escrever, só sei amar as palavras. Sou poeta?]

Kariane

Anúncios

4 comentários sobre “Existência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s